Não confunda Inbound Marketing com Marketing de Conteúdo.

Se você acha que estas duas coisas são a mesma, está redondamente enganado. São coisas diferentes, com ações e objetivos diferentes. Muitas vezes estas duas estratégias podem ser usadas juntas, mas isto vai depender do resultado desejado e definido pelo Marketing.

O que é Inbound Marketing

Inbounb Marketing que traduzido seria “MARKETING DE ATRAÇÃO” é uma estratégia composta por 5 etapas:

  1. ATRAÇÃO
  2. RELACIONAMENTO
  3. OFERTA
  4. CONVERSÃO
  5. FIDELIAZAÇÃO

Estas são as 5 etapas que nós aqui da Agência Yellow Brasil utilizamos para chegar a grandes resultados com nossos clientes.

Esta é uma estratégia que tem que ser feitas por profissionais extremamente capacitados e experientes para que os resultados realmente apareçam. Consiste em uma série de processos e análises que começam com a criação de PERSONAS, definição de ciclo de conversão e preparação de toda a comunicação do site ou blog do cliente.

O principal objetivo neste caso é a busca do LEAD QUALIFICADO e a AUTOMAÇÃO DE TODO O PROCESSO em busca de uma conversão, seguindo uma curva de tempo de compra que vai variar do produto ou serviço oferecido pelo cliente.

O Conteúdo pode fazer parte deste processo, mas não é fundamental. Você vai precisar de uma ISCA para gerar uma atração e a sua página de chegada precisa estar pronta para gera a “LEVANTADA DE MÃO DO CLIENTE” ou seja, ele precisa se transformar em um LEAD.

Obs:  nem todo o negócio consegue excelentes resultados com esta estratégia, por isso a análise de uma profissional é fundamental.

Para que este processo seja ainda mais efetivo existem diversas ferramentas no mercado que podem ser utilizadas como: RD Station, Leadlover, Mautic, Dinamise, Pipz, entre outras.   Mas lembre-se, todas devem ser manipuladas por especialistas no assunto.

O que é Marketing de conteúdo.

O Marketing de conteúdo no meu entender só tem nexo se usada com o Inbound Marketing, pois sem a captura do LEAD você não conseguirá se relacionar e portanto perderá a conversão.

A essência do Marketing de Conteúdo está em gerar um conteúdo relevante, útil e informativo para os seus clientes ou futuros clientes.

Quando um cliente em potencial estiver a procura de soluções ou quer saber mais sobre algo, acaba encontrando o seu site e blog e a partir daí a relação começa.

Exemplo: se você vende computadores e escrever matérias relacionadas a como instalar programas, apagar programas, atualizar anti-vírus, deixar seu computador mais rápido, como apagar histórico, entre outros, vai atrair um público que poderá lembrar de você na hora de comprar um novo computador.

O marketing de conteúdo ajuda muito no SEO do seu site ou Blog, sendo hoje uma das estratégias mais usadas para a melhoria deste ranqueamento no Google.

Usar as Redes Sociais na atração de público para o seu site é fundamental, nunca publique o conteúdo completo nas suas redes, faça uma chamada e leve o internauta a terminar esta leitura no seu site.

Um conteúdo razoável começa com 500 a 600 palavras. Quanto mais palavras melhor, quanto mais profundo e de qualidade maior o engajamento.

Perca bastante tempo criando um TÍTULO, realmente chamativo e que atraia o seu público alvo.

Alguns exemplos de materiais que podem ser utilizados pelo Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo para potencializar uma ação de conversão:

  1. Post no blog
  2. E-book
  3. Infográficos
  4. Comparativos
  5. Estatísticas
  6. Tutoriais
  7. Vídeos instrutivos
  8. Planilhas pré-prontas
  9. Whitepapers
  10. Outros …

Conclusão

Estamos numa era que o mercado como um todo está migrando para o online, empresas que produzirem conteúdos relevantes, de qualidade estarão na frente das demais. Já foi o tempo de sites cheios de animação, onde o design era o que chamava a atenção. Hoje temos que pensar em como resolver os problemas dos nossos clientes e principalmente na experiência mobile que hoje já é a primeira tela do consumidor.

 

Autor;

Fábio Schneider

CEO Yellow Brasil.